Compartilhe esse conteúdo:

Hoje em nosso post vamos abordar perguntas técnicas a respeito de balanças de precisão e normativas do Inmetro. Perguntas mais frequentes sobre balança de precisão.

1*Onde posso solicitar a aferição da balança de precisão de meu estabelecimento?

Para solicitar a verificação das balanças de precisão , favor entrar em contato com a representação do Inmetro em seu estado. A lista das representações encontra-se disponível no site do Inmetro no item Inmetro no Estados / Selecione o estado.

2*A balança de precisão é submetida a verificação metrológica e a fiscalização ?

Sim. A balança é submetida a verificação metrológica e a fiscalização pelo Inmetro, através de sua Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade e, no caso de atendimento a legislação metrológica, os instrumentos receberão a marca de verificação, indicando o seu prazo de validade.

3*Qual é o objetivo das verificações metrológicas em balanças de precisão ?

As verificações metrológicas tem por objetivo constatar a conformidade com o modelo aprovado, bem como verificar se os instrumentos cumprem com os erros máximos permitidos, além de observar as marcas de verificação e plano de selagem. A validade da verificação é de 1 (um) ano, conforme estabelece o item 11.1 do Regulamento Técnico Metrológico.

4* Qual é a periodicidade da verificação em balança de precisão ?

A validade da verificação é de 1(um) ano, conforme estabelece o item 11 (validade da verificação) do Regulamento Técnico Metrológico aprovado pela Portaria 236 Inmetro de 1994.

No caso de ser emitida uma aprovação de modelo restrita, o Inmetro pode fixar uma validade reduzida da verificação.
A validade da verificação deve ser determinada em anos após a expiração do ano calendário no qual o instrumento foi verificado pela última vez.

5* Quais são as balanças de precisão que tem dispensa da verificação periódica?

Conforme o item 10 do Regulamento Técnico Metrológico (Portaria Inmetro 236 de 1994), subitens 10.1.1 e 10.1.2, os instrumentos podem ser dispensados da verificação periódica, desde que enquadrados nas seguintes situações:
– não em uso, mantidos com o objetivo da sua venda;
– mantidos em locais exclusivos de habitação que não estão sendo utilizados, mesmo ocasionalmente, para uma das finalidades previstas no subitem 1.2.1 do regulamento.
– Mantidos em locais outros que os locais de uso exclusivo de habitação, que não são utilizados, mesmo ocasionalmente, para uma das finalidades previstas no subitem 1.2.1 do regulamento.

A decisão de dispensa de verificação periódica é concedida pela autoridade competente da jurisdição do interessado (Instituto de Pesos e Medidas – IPEM, do respectivo estado), condicionada à posição sobre o instrumento referido, em local de fácil visibilidade e legível, de uma informação com os seguintes dizeres: “Não verificado. Não pode ser utilizado, mesmo ocasionalmente, para nenhuma das finalidades previstas na Portaria Inmetro nº 236 de 1994”.

6* Qual é o campo de aplicação do Regulamento Técnico Metrológico para balança de precisão (Portaria Inmetro 236 de 1994)?

O Regulamento Técnico Metrológico se aplica a todos os instrumentos de pesagem não automáticos segundo a finalidade de sua utilização, conforme o estabelecimento no subitem 1.2.1 do regulamento. Esses instrumentos se distinguem para esse efeito em instrumentos empregados para:

a) determinação da massa para transações comerciais;
b) determinação da massa para cálculo de pedágio, tarifa, imposto, prêmio, multa, remuneração, subsídio, taxa ou um tipo similar de pagamento;
c) determinação da massa para aplicação de uma legislação ou uma regulamentação, ou para perícias judiciais;
d) determinação da massa na prática médica no que concerne a pesagem de pacientes por razões de vigilância, de diagnóstico e de tratamento médico;
e) determinação da massa para a fabricação de medicamentos segundo receita em farmácia e determinação de massas quando de análises efetuadas nos laboratórios médicos e farmacêuticos;
f) determinação do preço em função da massa para venda direta ao público e para a confecção de mercadorias pré-medidas.

7* Tolerância para diferença de pesagem entre instrumentos (balança)

Com a edição da Portaria Inmetro nº 236 de 1994 e respectivo regulamento técnico metrológico relativo aos instrumentos de pesagem não automáticos, esclarecemos que as “balanças” passaram a ter um erro máximo permitido em serviço, o qual é o dobro do erro máximo permitido em verificação (aferição), com isto passou-se a não admitir o conceito de diferenças entre “balanças”, usado anteriormente.

8* Gostaria de credenciar minha empresa para realizar conserto e manutenção em balança de precisão.

Compete ao Inmetro, através de sua Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade, conceder autorização para fins de conserto e manutenção de medidas materializadas e instrumentos de medir, desde que satisfeitas as seguintes condições:

a) capacitação técnica em recursos humanos e instalação física adequada à atividade;
b) apresentação do contrato social devidamente registrado no Registro Civil de Pessoas Jurídicas ou Junta Comercial do local de domicílio.
Mais informações, solicitamos entrar em contato com o representante do Inmetro em seu estado. A lista das representações encontra-se disponível no site do Inmetro no item Inmetro no Estados / Selecione o estado.
Solicitamos também, verificar a Portaria do Inmetro número 88 de 8/7/1987 que estipula as condições a que devem satisfazer as sociedades mercantis ou comerciais e firmas individuais interessadas na atividade de conserto e manutenção de medidas materializadas e instrumentos de medir.

9* A balança de precisão pode ser verificada antes do vencimento do prazo de verificação?

Sim. O período de validade da verificação expira prematuramente se: o instrumento não cumpre com os erros máximos tolerados em serviço; se foram feitas modificações as quais podem influenciar as propriedades metrológicas do instrumento ou dilatar ou restringir sua destinação de uso; as designações prescritas do instrumento são trocadas ou é aplicada uma designação, inscrição, grandeza ou graduação indevida ou não permitida; a marca de verificação principal ou uma marca de selagem está irreconhecível, obliterada ou removida do instrumento; o instrumento está conectado a um equipamento acessório cuja junção não é permitida, ou a venda e colocação em operação do modelo do instrumento é proibida naquele momento.

10* Onde encontro legislação metrológica relativa aos instrumentos de pesagem não automático?

Face a necessidade de atualizar a legislação metrológica relativa aos instrumentos de pesagem, para proteção do consumidor, para facilidade de uso e exatidão das medições de massa, para prevenção contra fraude e influências a que esses instrumentos estão sujeitos, foi baixada a Portaria Inmetro nº 236 de 1994, a qual aprova o Regulamento Técnico Metrológico, estabelecendo as condições técnicas e metrológicas que deverão ser observadas na fabricação, instalação e utilização, bem como o controle metrológico dos instrumentos de pesagem não automáticos.

Esclarecemos que o termo instrumentos de pesagem não automáticos, se refere ao princípio de funcionamento, e segundo o subitem 1.2 do Anexo II da Portaria Inmetro 236 de 1994, são aqueles instrumentos que necessitam da intervenção de um operador durante o processo de pesagem, por exemplo, para depositar ou remover a carga a ser medida e também para obtenção do resultado.

11* Quais são os instrumentos de pesagem NÃO sujeitos ao Regulamento Técnico Metrológico para balança (Portaria Inmetro 236 de 1994)?

Os instrumentos de pesagem que não se enquadram segundo as finalidades descritas no item 1.2.1 não são submetidos às prescrições do Regulamento Técnico Metrológico, entretanto deve ser observado, o estabelecido no item 1.2.3 , no que se refere a que somente podem ser colocados a venda os instrumentos que possuem identificação da marca ou o nome do fabricante e da carga máxima.

Além disso, somente podem ser colocados em serviço, quando utilizados para as finalidades previstas no item 1.2.1, aqueles instrumentos que satisfazem as prescrições do Regulamento Técnico Metrológico.

Neste sentido, cabe esclarecer que caso os referidos instrumentos de pesagem sejam encontrados sendo utilizados para uma das finalidades previstas, estes deverão obrigatoriamente satisfazer as prescrições do regulamento, dentre as quais se apresentam, conforme o estabelecido no itens 8, 9 e 10, a aprovação de modelo, a verificação inicial e o controle metrológico subsequente (verificação periódica e eventual), respectivamente, sob pena de aplicação das sanções cabíveis.

12* Quais instrumentos de pesagem SÃO sujeitos ao Regulamento Técnico Metrológico?

Os instrumentos de pesagem que se enquadram segundo as finalidades descritas no item 1.2.1 deverão atender as prescrições do RTM, e deverão observar ainda, os itens 8,9 e 10 do regulamento, relativos à aprovação de modelo, a verificação inicial e ao controle metrológico subsequente (verificação periódica e eventual).

13* Em que local poderei consertar minha balança de precisão ?

Solicitamos entrar em contato com a representação do Inmetro em seu estado onde poderá obter a lista das empresas autorizadas que realizam conserto e manutenção em balança. A lista das representações encontra-se disponível no site item Inmetro no Estados / Selecione o estado.

As principais balanças de laboratório que existem no mercado apresentam grande avanço tecnológico. As balanças Shimadzu são muito requisitadas e já provaram ao mercado brasileiro seu grande diferencial de qualidade. Vamos aos modelos abaixo.

Balança Analítica ATX

  • Os modelos ATX aliam alto desempenho a preço acessível graças à utilização da tecnologia UniBloc.
  • Facilidade de operação e leituras precisas são os diferenciais dessa nova balança analítica.

Calibração Automática:

  • A calibração automática pode ser acionada com um simples toque no painel frontal.
  • Além disso, pesos padrões externos podem utilizados para aferição das medidas.

Configuração Rápida otimizando ajustes para as diferentes aplicações:

  • Ajusta facilmente a relação desejada de tempo de leitura / estabilidade para cada aplicação com um simples toque no painel, mesmo durante as pesagens.

Função Windows Direct:

  • Envia dados da balança para planilhas Excel ou outros aplicativos do Windows sem a necessidade de instalação de software especial.
  • Combinando a função Auto Print com os recursos da planilha Excel, aplicações complexas podem ser facilmente automatizadas.
  • Utilizando Windows Vista e Windows7/8.
  • Necessário cabo I/O – RS 232C.

Prato de Pesagem grande:

  • Os modelos AT possuem prato de 91 mm de diâmetro.
  • É o maior na sua categoria, facilitando pesagens de grandes recipientes como vidrarias por exemplo.

Balança Analítica ATY

  • Os modelos ATY aliam alto desempenho a preço acessível graças à utilização da tecnologia UniBloc.
  • Facilidade de operação e leituras precisas são os diferenciais dessa nova balança analítica.
  • Além disso, pesos padrões externos podem utilizados para aferição das medidas.

Configuração Rápida otimizando ajustes para as diferentes aplicações:

  • Ajusta facilmente a relação desejada de tempo de leitura / estabilidade para cada aplicação com um simples toque no painel, mesmo durante as pesagens.

Função Windows Direct:

  • Envia dados da balança para planilhas Excel ou outros aplicativos do Windows sem a necessidade de instalação de software especial.
  • Combinando a função Auto Print com os recursos da planilha Excel, aplicações complexas podem ser facilmente automatizadas.
  • Utilizando Windows Vista e Windows7/8.
  • Necessário cabo I/O – RS 232C.

Balança de Alta Precisão AUW-220D

A balança de alta precisão dupla-escala AUW220 -D é a primeira balança de cinco casas decimais, a nível mundial, utilizando as vantagens da tecnologia Unibloc – mecanismo de corpo único.
Excelente resposta, estabilidade e retorno de zero disponíveis numa balança semi-micro.
Intervalos programados: Dados de pesagem podem ser liberados na saída em intervalos de tempo pré determinados;
Opções de calibração totalmente automáticas:

PSC e Clock-CAL;
O operador pode escolher entre dois tipos de calibração totalmente automática. PSC é ativada por variação na temperatura ambiente e Clock-CAL é acionada em horários pré-programados (até três vezes ao dia);
Calibração totalmente automática Clock-CAL: Calibração automática em horários pré selecionados pelo usuário;
Calibração totalmente automática PSC;

Participe do nosso blog, envie seu comentário, dúvida ou sugestão.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.
Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected])