Compartilhe esse conteúdo:

O primeiro caso de COVID-19 no Brasil teve o diagnóstico molecular confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz no dia 26 de fevereiro de 2020. O caso refere-se a um paciente infectado com o vírus durante uma visita à região da Lombardia, no norte de Itália, entre os dias 9 e 21 deste mês. O genoma completo do vírus foi disponibilizado à comunidade científica no dia 28 de fevereiro de 2020.

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) conseguiram isolar e cultivar em laboratório o coronavírus SARS-CoV-2 obtido dos dois primeiros pacientes brasileiros diagnosticados com a doença no Hospital Israelita Albert Einstein.

Focada em atender os laboratórios de pesquisa  de todo o Brasil a Splabor está sensibilizada com os laboratórios de diagnóstico do covid-19. Estamos com nossa equipe de assessores científicos focada e preparada para atender os mais diversos segmentos de mercado que buscam: equipamentos para laboratório e produtos para o diagnóstico do covid-19.

Realizar um experimento laboratorial com sucesso e segurança é o objetivo em comum de todos que trabalham em um ambiente de análises, seja a nível industrial ou não. A regra geral para desenvolver um trabalho experimental seguro está relacionada com a organização e conhecimento sobre todo o material e os equipamentos que serão utilizados.

Com essa etapa realizada, há grande contribuição na prevenção de riscos químicos, biológicos e de acidentes com a manipulação dos aparelhos.
Evitar a execução de um experimento sozinho ou experimentos perigosos fora do horário de trabalho é extremamente importante, pois em caso de acidentes, haverá dificuldade em obter ajuda.

Todos os laboratórios devem realizar uma avaliação de risco específica do local e da atividade para identificar e mitigar os riscos. A avaliação de riscos e as medidas de mitigação dependem de:

  • Os procedimentos realizados
  • Identificação dos perigos envolvidos no processo e / ou procedimentos
  • O nível de competência do pessoal que executa os procedimentos
  • O equipamento e instalações de laboratório
  • Os recursos disponíveis

Siga as precauções padrão ao manusear amostras clínicas, as quais podem conter materiais potencialmente infecciosos. As precauções padrão incluem a higiene das mãos e o uso de equipamentos de proteção individual (EPI), como jalecos ou aventais de laboratório, luvas e proteção para os olhos.

Siga as práticas e procedimentos laboratoriais de rotina para descontaminação das superfícies de trabalho e gerenciamento de resíduos de laboratório.

Atualmente, empresas investem cada vez mais em iniciativas que visam a segurança de seus colaboradores. Segue abaixo produtos para laboratório e utilizados nas etapas de  manuseio e análise do covid-19.

A Cabine de Segurança classe AII B2 assegura o mais alto nível de proteção aos usuários do laboratório e ao operador, para o manuseio seguro a  cabine de segurança classe II B2, 100% do ar é renovado. Com 100% do ar insuflado são somados aos 30% do ar que formam uma cortina de proteção na parte frontal do equipamento. Dessa forma, impede que haja fuga do ar contaminado para o laboratório. Este ar é exaurido para fora do laboratório por meio de um sistema de duto.

Para procedimentos com alta probabilidade de gerar aerossóis ou gotas, use um Cabine de Segurança Biológica Classe II Tipo A1 ou A2 com  precauções adicionais para fornecer uma barreira entre a amostra e o usuário . Exemplos dessas precauções adicionais incluem equipamento de proteção individual (EPI), como máscara cirúrgica ou máscara facial ou outras barreiras físicas, como uma proteção contra respingos; copos de segurança para centrífugas; e rotores de centrífuga selados para reduzir o risco de exposição ao pessoal do laboratório.

Ideal para manipulação de HIV, COVID-19,  Oncologia, Tuberculose, Gripe aviária e outros vírus que acarretam perigo a saúde humana e ao meio ambiente.

Muitos procedimentos laboratoriais de rotina podem gerar aerossóis e gotículas que geralmente são indetectáveis. Os procedimentos laboratoriais a seguir foram associados à geração de aerossóis e gotículas infecciosos: centrifugação, pipetagem, vórtice, mistura, agitação, sonicação, remoção de tampas, decantação de líquidos, preparação de esfregaços, lâminas flamejantes, alíquotas e carregamento de amostras, carregamento de seringas, manipulação de agulhas , seringas ou objectos cortantes, aspirar e transferir fluidos corporais e do sangue, subculturar frascos de hemocultura, derramar amostras e limpar derramamentos.

Em suma, segue abaixo um fluxograma para lhe ajudar de maneira prática e rápida a detectar qual será o equipamento correto para sua necessidade.

Outros equipamentos para o diagnóstico do covid-19 :

 

Leitora de Elisa:

  • Os leitoras  de microplacas detectam e processam dados biológicos e químicos, utilizando principalmente dados de absorbância.
  • São utilizados na descoberta de fármacos, pesquisas, validação de bioensaios e fabricação de medicamentos.
  • O modelo foi projetado de acordo com as atuais tecnologias, com alta qualidade e confiabilidade, bem como análises de alta precisão e fácil operação.

Lavadora de Microplacas:

  • Uma grande variedade de experimentos e ensaios utilizam lavagens com soluções específicas. As lavadoras de microplacas são instrumentos próprios para controlar o procedimento de lavagem de amostras e experimentos em placas;
  • Compatível com microplacas de fundo chato, fundo U e fundo V, a quantidade de lavagem é de 8 ou 12 poços em cada linha. Possui memória de 120 programações.

Termociclador PCR em tempo Real (Real Time)

    • Economize tempo e dinheiro com a geometria única da placa.
    • Ciclos rápidos – efetue 40 ciclos em 40 minutos, ou mais rápido quando otimizado.
    • Usa quatro cores para facilitar a multiplexação.
    • Oferece uniformidade da temperatura de ±0,1°C.
    • Este termociclador de tempo real acomoda placas de PCR em polipropileno de 48 poços utilizando a mesma geometria que uma placa padrão de 384 poços, mas apenas 1/8 do tamanho. Devido a este fato, você pode reduzir consideravelmente os volumes de reagentes qPCR utilizados se comparado com os modelos tradicionais de 96 poços, economizando amostras importantes e ainda assim conseguindo produzir sinal fluorescente forte.

Micropipeta

Utensílio de laboratório que possui a finalidade de realizar a transferência de líquido, pode ser utilizada uma micropipeta monocanal ou uma micropipeta multi-canal quando a rotina laboratorial exigir grande demanda. Durante a etapa de inativação do COVID-19 a micropipeta é utilizada, importante ressaltar o uso de micropipeta totalmente autoclavável.

 

 Banho seco para laboratório

Utilizado na etapa de inativação do covid-19.

Resfria, congela, aqueçe ou mistura amostras biológicas em sua estação de trabalho
  • Armazene 5 programas na memória para rotinas precisamente cronometradas e repetíveis
  • Escolha blocos para tubos de centrifugação, placas de ensaio, tubos e placas de PCR e muito mais
  • A unidade de dois blocos oferece duas temperaturas diferentes ou iguais.

Agitador de tubos vórtex

Equipamento utilizado para a agitação de tubos de forma rápida e vigorosa. Equipamento de laboratório muito utilizado em todas as áreas laboratoriais.

 

Centrífuga Refrigerada                                                                                               Nos últimos anos, o desenvolvimento de técnicas moleculares criou a necessidade de estabelecer novos métodos simples e eficientes de extração de DNA e RNA para amplificação por PCR e outras técnicas relacionadas. Alguns itens indispensáveis nessa etapa, microscópio, centrífuga de bancada refrigerada balança analítica , micropipetas (20, 100 e 1000  μl),  tubo tipo falcon  de 15 e 50 ml,  tubos de centrífuga de 50 ml e tubo tipo eppendorf  descartáveis ​​de polipropileno.

Participe do nosso blog, envie seu comentário, dúvida ou sugestão.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.
Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected])

Fonte: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-nCoV/lab/lab-biosafety-guidelines.html