Compartilhe esse conteúdo:

Devida a infinidade de modelos e aplicações de uma centrífuga de laboratório resolvemos esplanar em nosso post o funcionamento, uso e tipos de centrífuga laboratorial .

Uma centrífuga é um equipamento para laboratório  usado para separar os componentes de uma mistura com base em seu tamanho, densidade, viscosidade do meio e velocidade do rotor.

Centrífuga de Laboratório- Tipos de centrífugas, definição e uso.

RCF (g Força) = 1,118 × 10 -5 × r × (RPM) 2

onde r é o raio do rotor (em centímetros) e RPM é a velocidade do rotor em rotação por minuto.

Os rotores para  centrífugas são os dispositivos motores que alojam os tubos com as amostras. Rotores de centrífuga são projetados para gerar velocidade de rotação que pode causar a separação de componentes em uma amostra. Existem diversos tipos de  rotores usados ​​em uma centrífuga, que pode m ser alguns modelos abaixo :

Centrífuga de Laboratório- Tipos de centrífugas, definição e uso.

Agora para ficarmos mais claros vamos aos tipos de centrífugas de laboratório

Centrífuga de Bancada

  • A centrífuga de bancada é uma centrífuga compacta comumente usada em laboratórios clínicos e de pesquisa.
  • É acionado por um motor elétrico onde os tubos são girados em torno de um eixo fixo, resultando em uma força perpendicular aos tubos.
  • Por serem muito compactos, eles são úteis em laboratórios menores com espaços menores.
  • Diferentes variações de centrífugas de bancada estão disponíveis no mercado para diversos fins.
  • Uma centrífuga de tubos  possui um rotor com racks para os tubos de amostra e uma tampa que fecha a unidade de trabalho da centrífuga.

Centrífuga de Laboratório- Tipos de centrífugas, definição e uso.

Centrífuga Microhematócrito

  • As centrífugas para microhematócrito são centrífugas especializadas usadas para a determinação da fração de volume dos eritrócitos (RBCs) em uma determinada amostra de sangue.
  • Esta centrífuga fornece valores de hematócrito que podem ser usados ​​para testes em bioquímica, imunidade, teste de sangue e outros testes clínicos gerais.
  • Centrífugas de microhematócrito podem ser usadas para ajudar a diagnosticar perda de sangue, policitemia (elevação da contagem de eritrócitos para níveis acima do normal), anemia, insuficiência da medula óssea, leucemia e mieloma múltiplo.
  • A centrífuga para  microhematócrito atinge rapidamente velocidades de 11.000 rpm e RCFs de até 15.000 g para amostras de tubo giratório.
  • Os componentes de uma centrífuga de hematócrito são semelhantes aos de uma centrífuga de bancada, mas esta centrífuga é especializada para o uso de amostras de sangue.

Microcentrífuga

  • As microcentrífugas ou centrífuga para microtubos são as centrífugas utilizadas para a separação de amostras com volumes menores que variam de 0,5 a 2 µl.
  • As microcentrífugas são normalmente operadas a uma velocidade de cerca de 12.000-13.000 rpm.
  • Isso é usado para a separação molecular de organelas celulares como núcleos e extração de DNA e fenol.
  • As microcentrífugas, também chamadas de microcentrífuga, usam tubos de amostra de tamanho menor quando comparados aos tubos de ensaio padrão usados ​​em centrífugas maiores.
  • Algumas microcentrífugas vêm com adaptadores que facilitam o uso de tubos maiores junto com os menores.

Microcentrífugas com controles de temperatura estão disponíveis para a operação de amostras sensíveis à temperatura.

Centrífuga de Laboratório- Tipos de centrífugas, definição e uso.

Centrífuga Refrigerada

  • Centrífugas refrigeradas são aquelas que são fornecidas com controle de temperatura variando de -20 ° C a -30 ° C.
  • Está disponível uma variação diferente de centrífugas que possuem o sistema de controle de temperatura que é essencial para vários processos que requerem temperaturas mais baixas.
  • As centrífugas refrigeradas possuem uma unidade de controle de temperatura, além dos rotores e racks para os tubos de amostra.
  • Essas centrífugas de laboratório fornecem o RCF de até 60.000 xg que é ideal para a separação de várias moléculas biológicas.
  • Eles são normalmente usados ​​para coletar substâncias que se separam rapidamente, como células de levedura, cloroplastos e eritrócitos.
  • A câmara da centrífuga refrigerada é selada por fora para atender às condições das operações.

Centrífuga Microplaca

  • Melhore de maneira rápida e eficiente seu desempenho em PCR com um dispositivo compacto.
  • Acomoda duas microplacas de PCR.
  • Esta centrífuga para laboratório  possui tamanho 25% menor se comparado a uma centrifuga de microplacas padrão  e pesa apenas 2,7 Kg. A unidade aceita placas de PCR padrão, com borda, meia borda ou sem borda sob orientação vertical para maximizar o espaço de seu laboratório.
  • Fácil operação – apenas carregue a centrifuga com as microplacas e aperte um botão.
  • As microplacas de PCR são colocadas na centrífuga na posição vertical, portanto é obrigatório que as microplacas sejam previamente seladas.

Centrífuga de Laboratório- Tipos de centrífugas, definição e uso.

Centrífuga Citológica

  • Centrífuga citológica modelo próprio para aplicações no campo de Citologia, Hematologia e/ou Oncologia. Diferentes modelos de rotores: basculante, com citoconteiners ou ângulo fixo para lâminas em 90°.
  • Ideal para laboratório com pequenas e grandes rotinas de amostragem. Utiliza Cito funil simples reutilizável com um só furo. Câmara de centrifugação em aço inox.

Centrífuga PRP/ PRF

  • Centrífuga PRP/ PRF  é uma centrífuga de laboratório ideal para diferentes rotinas de laboratório, as quais requerem precisão e estabilidade na separação de densidades, como PRP e PRF. A centrífuga PRP/PRF  possui uma programação intuitiva e fácil operação, alternando RPM e Xg para melhor cálculo da rotação. Motor de indução com manutenção zero, baixo ruído e nenhuma vibração em todo alcance da centrifugação. Botão “Short Spin” para processos rápidos, além do interior de fácil acesso para uma melhor higienização e assepsia do equipamento. Corpo construído em ABS, tampa com trava de segurança, aviso sonoro e programação para abrir automaticamente ao fim da operação.

Esperamos ter sanado todas as dúvidas sobre centrífuga de laboratório com esse post, se houver dúvidas consulte nossa equipe.

Participe do nosso blog, envie seu comentário, dúvida ou sugestão.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.
Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected])