Compartilhe esse conteúdo:

A mufla ou forno mufla tem papel fundamental na determinação de cinzas.

Para que serve uma mufla?

A mufla serve para análises que exijam altas temperaturas, diversos segmentos utilizam uma mufla. A mufla é utilizada na área da indústria alimentícia, na indústria farmacêutica, química, tintas…

O que seria a determinação de cinzas? O que é cinza?
Definição: refere- se ao resíduo inorgânico que ficou remanescente após a completa destruição da matriz orgânica.
Em Alimentos a mufla ou forno mufla é muito utilizada em  laticínios, cereais, frutos do mar, frutas, óleos, alimentos ricos em proteínas e muitos outros alimentos.
A determinação do teor de cinzas utilizando a mufla ou forno mufla tem como função indicar a pureza e adulteração dos alimentos.
Utilizando uma mufla ou forno mufla podemos ter informações prévias de quanto o alimento foi adulterado e o seu real valor nutricional.

A determinação de resíduo por incineração na mufla ou forno mufla abrange várias áreas inclusive a de farmacognosia ( parte da farmacologia que trata de drogas ou substâncias medicinais em seu estado natural antes de ser manipuladas)

A quantificação do conteúdo inorgânico faz-se por meio da determinação do resíduo pela incineração ou cinzas em um mufla ou forno mufla Assim, a droga calcinada à alta temperatura tem toda a sua matéria orgânica transformada em CO2, restando apenas compostos minerais na forma de cinzas. Portanto, a determinação do conteúdo em cinzas mostra principalmente o cuidado que foi dedicado na preparação de determinada droga vegetal.

Aula Prática
Calcinar previamente cadinho de porcelana em mufla a 450 °C por 30 min;
Resfriar em dessecador;
Tarar o cadinho – anotar o P1;
Pesar no cadinho exatamente cerca de 3 g da droga – anotar o P2;
Distribuir o material uniformemente no cadinho;
Em capela química ou capela de exaustão de gases, colocar o cadinho de porcelana inclinado sobre um suporte e iniciar a combustão com chama pequena do bordo superior ao fundo do cadinho, aumentando o aquecimento gradativamente;
Após completa combustão (ausência de fumaça), calcinar em mufla a 450 °C por 2 h (eliminação total do carvão);
Resfriar o cadinho em dessecador e pesar – anotar o P3;
OBS.: caso o carvão não tenha sido eliminado, resfriar o cadinho e seguir a técnica abaixo!

Adicionar ao resíduo 2 ml de água destilada ou solução saturada de NH4NO3 (oxidante);

Evaporar em banho-maria laboratório até secura;
Calcinar em mufla a 450 °C até peso constante – anotar P3.
Cálculos
P1 → cadinho vazio

P2 → cadinho + droga

P3 → cadinho + cinzas

Exemplos
P1 = 45,3654 g
P2 = 48,8702 g
P3 = 45,7683 g

(P2 – P1) = 3,5048 g (tomada de amostra da droga)

(P3 – P1) = 0,4029 g (total de cinzas)

Cálculo do percentual

3,5048 g de droga – 0,4029 g de cinzas
100 g de droga – x

x = 11,49 g% de cinzas

O forno mufla pode ser fabricado em diversos tamanhos. Consulte nossa equipe.

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.

Fonte: http://www.sbfgnosia.org.br/Ensino/cinzas.html