Compartilhe esse conteúdo:

Confira agora o relato de caso sobre microscopia alimentar : em uma amostra de panetone de frutas cristalizadas contendo corpos estranhos, encaminhada ao Laboratório de Microscopia de Alimentos do Instituto Adolfo Lutz , foram feitas análises a fim de determinar a origem dessas estruturas. Com o auxílio de estereomicroscópio binocular (lupa) e de um microscópio óptico, os referidos corpos estranhos foram comparados com os espinhos existentes nas porções vegetativas e reprodutivas de espécies de Cactaceae, Caryocaraceae, Malvaceae e Cyperaceae. Foi constatado que o material contido no panetone eram aréolas de gloquídeos, um tipo de espinho comumente presente em frutos e caules de espécies de gênero Opuntia (Cactaceae). Os gloquídeos apresentavam comprimento entre 2 e 3 mm, eram rígidos, pontiagudos e providos de pequenas farpas laterais voltadas para base, as mesmas características e dimensões observadas em Opuntia ficus-indica (figo da índia). Em portaria da Anvisa fica estabelecido  as disposições gerais para avaliação de matérias macroscópicas e microscópicas prejudiciais à saúde humana em alimentos embalados, inclusive bebidas e águas envasadas, relacionadas aos riscos à saúde humana.

Boas Práticas de Fabricação é responsabilidade do setor produtivo, cabendo garantir, entre outras a qualidade sanitária das matérias-primas e ou insumos utilizados; considerando que a obtenção de alimento seguro deve abranger toda cadeia produtiva, ou seja, da produção até o consumo; considerando que a análise de matérias macroscópicas e microscópicas presentes nos alimentos deve ser baseada em aspectos relacionados ao risco à saúde; considerando a necessidade de estabelecer disposições gerais para avaliação de matérias macroscópicas e microscópicas prejudiciais à saúde humana em alimentos embalados.

Diante do ocorrido, o fabricante do produto intensificou o treinamento dos manipuladores de alimentos dos setores envolvidos quanto à separação de ingredientes e estímulo a verificação organoléptica.

O microscópio óptico foi de grande relevância na elucidação do caso apresentado, demonstrando ser uma excelente ferramenta de investigação e pesquisa no controle de qualidade dos alimentos.O fornecedor foi notificado diante a necessidade de intervenção no processo de pré-seleção de produtos para o microprocessamento e da higienização com remoção de sujidade entre lotes e diferentes alimentos.

Participe do nosso blog, envie seu comentário, dúvida ou sugestão.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.
Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected])

Fonte: http://periodicos.ses.sp.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-98552010000400022&lng=es&nrm=iso&tlng=pt

http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/394219/RDC_175_2003.pdf/3d4f8758-0582-4510-9043-335fd4389380