Compartilhe esse conteúdo:

 

O setor de esterilização de um laboratório constitui a unidade mais importante para a garantia de qualidade sanitária. O calor úmido sob pressão possui uma das formas mais seguras de esterilização, além de ser um processo de baixo custo.

Como escolher uma autoclave?

 -Qual será a utilização? hospitalar, laboratório, indústria, farmacêutica etc?
– Qual tipo de material pretende utilizar (esterilizar) na autoclave?
– Qual a capacidade (litros) desejada para o equipamento? Procura por um modelo de grande porte ou algo mais compacto?
– Precisa que o equipamento tenha duas portas (instalação tipo barreira)? Ou apenas uma porta já seria suficiente?
– Qualquer particularidade na qual precise que a autoclave  apresente, mencione-a.

O primeiro aspecto importante a se levar em consideração ao escolher uma autoclave é o espaço que ela ocupará no ambiente, potência da rede elétrica, rede hidráulica, carga.

A esterilização por autoclave é realizada por vapor saturado sob pressão e destrói microrganismos pela ação combinada de temperatura , pressão e umidade.

As autoclaves são equipadas com instrumentos como termômetros, manômetros, que indicam temperatura e pressão nas câmaras internas devendo ser monitorados.

 

 

O Indicador Biológico para Avaliação e Monitoramento em autoclave  deve ser utilizados em todos os ciclos, após o processo, o mesmo muda para cinza escuro para demonstrar que as ampolas foram processadas.

Os produtos esterilizados deverão ser liberados somente após a aprovação dos testes de esterilização realizados pelo indicador biológico.

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.