Compartilhe esse conteúdo:

As Vidrarias para laboratório são essenciais para todos os segmentos que realizam pesquisas e testes. Estes materiais de laboratórios possibilitam a manipulação e armazenamento das amostras que devem ser analisadas.

Disponíveis em centenas de formatos e tamanhos, cada modelo é indicado para um tipo de trabalho, por isso é de extrema importância que antes de efetuar a compra destes instrumentos de laboratório, você especifique qual será o(s) tipo(s) de utilização de tais materiais.

A SPLABOR, conta com a linha exclusiva de vidraria de laboratório da Iglass. Fabricadas com materiais de alta qualidade, as vidrarias são comercializadas com baixo custo, resultado da parceria entre a fabricante e a distribuidora brasileira. Esta linha oferece ao usuário diversas opções, atendendo assim inúmeros segmentos que adotam a vidraria para seus procedimentos.

Principais vidrarias de laboratório:
Tubo de ensaio – utilizado para efetuar reações químicas em pequena escala, principalmente testes de reações
Becker – recipiente com ou sem graduação, utilizado para o preparo de soluções, aquecimento de líquidos,recristalização, etc.
Erlenmeyer – frasco utilizado para aquecer líquido ou fazer titulações
Kitassato – frasco de paredes espessas, munido de saída lateral e usado em filtrações a vácuo
Balão volumétrico – recipiente calibrado, de precisão, destinado a conter um determinado volume de líquido, a uma dada temperatura; utilizado no preparo de soluções de concentração definidas


Proveta – frasco com graduações, destinado a medidas aproximadas de líquidos
Bureta – equipamento calibrado para medida precisa de volume de líquidos. Permite o escoamento
do líquido e é muito utilizado em titulações
Pipeta volumétrica – equipamento calibrado para medida precisa de volume de líquidos. Existem dois tipos: pipeta graduada e pipeta volumétrica
Funil de vidro – utilizado na transferência de líquidos de um frasco para o outro ou para efetuar filtrações simples


Balão de fundo chato ou de Florence – utilizado para armazenar líquido e em destilações
Balão de Fundo Redondo – usado para aquecimento de líquidos e para realizar reações que envolvam
desprendimento de gases
Funil de separação – equipamento utilizado na separação de líquidos imiscíveis
Vidro de relógio – usado geralmente para cobrir béquer contendo solução ou par evaporação em análise de líquidos


Placa de Petri – usada para cobrir cristalizadores, para o desenvolvimento de culturas
Bastão de vidro – utilizado na agitação e transferência de líquidos
Pesa filtro – recipiente destinado à pesagem de sólidos
Condensador – equipamento utilizado para condensação de vapores em destilações ou aquecimento
sob refluxo
Picnômetro – utilizado na determinação da densidade de líquidos
Dessecador – utilizado no armazenamento de substâncias quando se necessita de uma atmosfera com baixo teor de umidade
Termômetro Químico – utilizado para medir a temperatura de substâncias

As vidrarias de laboratório são frágeis e requerem cuidados, por isso devem receber atenção especial ao serem manipuladas e armazenadas. Por conta disso, para a limpeza que deve ser realizada logo depois da utilização, é indicado que o usuário utilize a Lavadora para Vidrarias.  Para a lavagem manual dos vidros de laboratório recomendamos as vidrarias mais sujas deixar de molho em água destilada, lavar com solução detergente e enxaguar com água destilada. Utilizar sempre a escova para lavagem de vidrarias.

De forma segura este equipamento de laboratório elimina todos os vestígios da amostra que tenha sido colocada na vidraria.

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.