Compartilhe esse conteúdo:

Centrifuga para microtubos tipo eppendorf pode ser um nome popularmente dado a qualquer tipo de centrifuga para laboratório, que permite a utilização de tubos tipo eppendorf ou microtubos para centrifugação para análises laboratoriais. No modelo abaixo de centrífuga a mesma permite operar com microhematócrito  ou microtubo. O microhematócrito é uma técnica manual e complementar ao hemograma que permite mensurar o volume que os eritrócitos ocupam num determinado volume de sangue total. O capilar com a extremidade vedada voltada para fora foi centrifugado em centrífuga para microhematócrito a 12.000 RPM durante 5 minutos. A interpretação do resultado é feita em uma escala de leitura onde se limitam as marcas de 0 a 100, observando na escala o limite de separação da massa dos eritrócitos com o plasma. O resultado é expresso em porcentagem de eritrócitos em relação ao sangue total.

As centrífugas para microhematócritos destinam-se a auxiliar no diagnóstico de doenças pela análise do sangue. Através do rotor para capilar a centrífuga pode ser utilizada para determinar a proporção do volume de glóbulos vermelhos para o volume total de sangue (hematócrito). São comumente utilizadas para ajudar a diagnosticar perda de sangue, policitemia a qual é identificada por uma elevação da contagem de eritrócitos para níveis acima do normal, anemia, insuficiência da medula óssea, leucemia, mieloma múltiplo e outros motivos. O tubo capilar para microhematócrito pode ser com heparina ou sem.
Com a possibilidade de intercambiar rotor para microtubos, ideal para otimizar os diferentes processos de análises na rotina laboratorial. Modelo com manutenção zero, devido ao seu motor de indução, além de tamanho reduzido. Tela em LCD, possibilidade de configuração de parâmetros como tempo de aceleração e desaceleração. Trava na tampa e botão de emergência, corpo em ABS e alarme sonoro ao final da operação. Opções de rotor tubo capilar e para microtubos.

 

 

 

Na maioria das vezes, os tubos tipo eppendorf ou microtubos  são utilizados para análises de amostras em pequenas quantidades, como por exemplo, a extração do DNA.

Entre os vários modelos de centrifugas para laboratório em sua linha de equipamentos, a Splabor abre espaço para centrifuga ou  centrifugas para tubos tipo eppendorf .Aqui no blog Splabor já publicamos alguns textos sobre a diferença entre centrifuga refrigerada e centrifuga sem refrigeração. Ambas têm rotores de ângulo fixo. Quanto a velocidade, a mini centrifuga sem refrigeração pode chegar até 15.000 RPM. Já a mini centrifuga com refrigeração atinge até 13.500 RPM.

 

Podem ser usados microtubos  ou tubos tipo eppendorf  de 1,5/2,0 mL para análises e procedimentos.

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.