Compartilhe esse conteúdo:

O ato ou ação de perguntar, interrogar algo com o objetivo de obter novas informações a respeito de um produto, está presente no dia-dia daquele que deseja aprender e otimizar seus experimentos. Por isso, hoje queremos compartilhar algumas das perguntas mais frequentes sobre bombas peristálticas. Talvez você esclareça sua dúvida também.

Um sistema de bomba peristáltica Masterflex é composto por três partes, sendo elas: o drive, a cabeça (ou também denominada “cabeçote”) e a mangueira (também denominada “tubulação”).

  • Quais tipos de amostras podem ser bombeadas e por que a Masterflex oferece grande variedade de modelos de bombas peristálticas, cabeças e mangueiras (formulações e tamanhos) em seu portfólio?

A palavra-chave é versatilidade – um grande diferencial ao adquirir um modelo das Bombas Masterflex. Cada cliente apresenta uma necessidade frente a sua respectiva aplicação – consequentemente nada melhor do que diversas opções que possam customizar um novo modelo ou até mesmo atualizar um já existente. Cada amostra a ser bombeada apresentará um perfil de comportamento em respeito à compatibilidade química para com a formulação da mangueira, e a equipe SPLABOR está apta em orientar qual é a melhor indicada para o processo. Você também pode ter a Tabela de Compatibilidade das Mangueiras Masterflex em sua base de dados – realize o download clicando aqui.

  • E se a amostra na qual pretende-se bombear não estiver presente na tabela de compatibilidade disponibilizada pelo fabricante?

A Masterflex oferece gratuitamente um kit de teste de mangueiras para o usuário realizar os testes e assim proceder com suas análises. O kit é composto por pequenos fragmentos de mangueiras – aproximadamente 7 cm de comprimento – de cada formulação. Solicite já o seu para a equipe SPLABOR.

Sim. Há modelos de cabeças que permitem o acoplamento de mais de uma mangueira. Outra possibilidade é empilhar as cabeças em um mesmo drive, aumentando essa capacidade – tudo isso respeitando os limites de cada modelo e RPM do motor.

  • Há possibilidade de calibração ou há necessidade de recorrer a um serviço terceirizado?

Os modelos digitais permitem esse procedimento de calibração para garantir os resultados dos testes. Não há complicação e em caso de dúvidas, a SPLABOR compartilha vídeos de orientação para ajudá-lo.

Bons experimentos!

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.