Compartilhe esse conteúdo:

 

Balanças Determinadoras de Umidade calculam a umidade do material colocado em análise. A amostra é aquecida por meio de sensores infravermelhos ou lâmpadas de halogênio, dependendo o modelo, e a variação da massa de acordo com o conteúdo evaporado, é medida por meio da balança.

 

Este equipamento para laboratório oferece a garantia da qualidade das amostras testadas, possibilita o controle de armazenamento e garante eficiência na produção, pelo rápido resultado que oferece.

A Balança Determinadora de Umidade é aplicada, por exemplo, em procedimentos realizados em indústrias do setor alimentício, químico, ambiental e farmacêutico. Utilizada para realizar inspeção de colheita, medição de produtos para bicombustíveis, inspeção de produtos cosméticos e controle de qualidade, fornece resultados precisos em curto espaço de tempo.

 

 

Na indústria farmacêutica, por exemplo, a umidade em excesso na matéria prima de um medicamento, pode causar prejuízos no processo de produção, e perca do material. Por isso, é importantíssimo, o controle de quantidade de água e o controle de umidade em farmácos  em determinado produto ou material.

No setor de agronegócios, a análise de umidade em alimentos pode ser aplicada para controle de qualidade em sementes, e constatar assim, o potencial de desenvolvimento e condições de plantação que requer.

O Analisador de Umidade para Laboratório possui opções de aquecimento, uma para cada aplicação, aquecimento a halogênio e aquecimento infravermelho. Consulte nossa Assessoria Científica para escolha do modelo adequado.

 

 O usuário deve apenas abaixar a tampa, e o equipamento determinador de umidade, inicia o processo automaticamente. Além disso, possui panela de 95 milímetros, podendo realizar analises em diversos materiais.

Com porta USB e cabo RS 232C, oferece a comodidade de transmitir os resultados obtidos durante a análise ao computador.

Outro diferencial que a Balança de Umidade apresenta, é a variedade de modos de secagem que proporciona:

> Modo de secagem rápida: Seca em primeiro lugar com a mais alta temperatura para o período especificado, então muda para o tempo de medição especificado;

> Modo de secagem lenta: Suavemente aquece as amostras que possam solidificar na superfície ou amostras que reduzem sob altas temperaturas.

Modo de etapa de secagem: Permite passo-a-passo as mudanças nas condições de secagem. Este recurso é útil para medir amostras que contêm uma grande quantidade de água.

Qualquer dúvida técnica sobre os equipamentos contidos no portfólio SPLABOR e cotações, entre em contato com o Departamento de Vendas ([email protected]) que encontra-se à disposição.

Participe do nosso Blog, aceitamos sugestões de temas, comentários, críticas. Envie seu comentário.

AVISO DE DIREITOS AUTORAIS: Todo o material deste blog, sendo proibida toda e qualquer forma de plágio, cópia, reprodução ou qualquer outra forma de uso.